Resumo

“O Desafio da Inclusão Digital dos Adultos em Portugal”

Fernando Albuquerque Costa
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa

Embora os objetivos de literacia e inclusão digitais devam permanecer no núcleo das preocupações e da ação da Escola, tendo em vista uma preparação efetiva dos jovens em idade escolar para fazerem face aos desafios de inserção, bem sucedida, numa sociedade fortemente tecnológica, ganha hoje particular acuidade a questão da integração das populações mais idosas, daqueles que há muito saíram da escola ou, por maioria de razão, dos que nunca por lá passaram.

Na verdade, alguns dados disponíveis parecem mostrar que estamos perante uma situação bastante preocupante, nomeadamente no caso dos adultos e, de entre estes, de todos quantos, por não terem acesso ou não saberem usar a Internet, se encontram afastados do exercício pleno da cidadania. Ou seja, de poderem exercer os seus direitos em igualdade de oportunidades com os demais cidadãos num Portugal livre e democrático.

É por essa razão que, nesta conferência do [email protected]’16, cujo convite muito me lisonjeia e agradeço, me proponho apresentar o conjunto de recursos que uma equipa do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa recentemente teve oportunidade de desenvolver para fazer face a essa situação no âmbito de um projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia: Projeto LIDIA – Literacia Digital de Adultos (lidia.ie.ulisboa.pt).

Partindo do princípio que o domínio de competências digitais pode contribuir para diminuir o fosso digital daqueles grupos, a linha de orientação seguida foi a de pensar que isso trará vantagens relacionadas com uma vida independente e saudável, podendo levar à participação dos adultos em outras atividades de aprendizagem e outros empregos, mas sobretudo incrementando a sua autonomia e sua auto-estima e melhorando a sua qualidade de vida.

Para além de uma breve apresentação e reflexão sobre a problemática da inclusão digital de adultos no nosso país, não deixarei de endereçar o convite a todos quantos queiram e possam aplicar em contexto real os recursos desenvolvidos, já disponíveis online em aprendercomtecnologias.ie.ulisboa.pt, dando-nos conta da sua apreciação crítica e eventuais sugestões de melhoria.